ESTRAGO DA NAÇÃO

6/10/2009

Do sonho das sondagens ao pesadelo da realidade

Durante vários anos, o Governo foi vivendo à sombra das sondagens. Apesar dos protestos de rua, do mal-estar quase geral, do medo com a arrogância de Sócrates e de seus acólitos, as sondagens lá apareciam risonhas para o chefe de Estado, que fazia como se o Estado fosse o Governo e o Governo fosse do PS e o PS se portasse como o dono absolutista do Estado - isto é, do país. As eleições legislativas deste ano tinham então, pelas sondagens e pela petulância assumida pelo PS, a mera curiosidade de saber se haveria ou não nova maioria absoluta socialista.
Como se viu agora pelos falhanços rotundos das empresas de sondagem para as eleições europeias, o PS-Governo-Estado fiou-se nesses delicodoces números. Agora acordou de um sonho e a realidade é afinal um pesadelo. Merecido.

Etiquetas:

1 Comentários:

Blogger Helena disse...

Exmo. Sr. Pedro Almeida Vieira, na sequência da realização de um trabalho para a disciplina de direito e deontologia da comunicação, do curso de Ciências da Comunicação, venho por este meio solicitar-lhe, se possivel, o desfecho do caso de direito de resposta que solicitou ao diário de notícias. Estive a ver no seu blog e vejo que recorreu ao tribunal, mas não encontro mais que isso. Tenho que entregar o trabalho amanha À meia noite (tudo para a última sempre) e o trabalho é sobre direito de resposta e tenho que apresentar um caso. Interessei-me pelo seu, mas para tal preciso mesmo do desfecho. Agradecia que me pudesse dar uma resposta.

Atentamente
Helena Leitão (helena.sm.leitao@gmail.com)

12/06/09, 00:37  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial