ESTRAGO DA NAÇÃO

4/13/2007

Umas pequenas achegas

Assisto - meio divertido, meio desconsolado - à novela Unigate e às trapalhadas em torno do curso da Engenharia Civil do primeiro-ministro. Já muito se disse sobre o assunto, apenas acrescento duas questões:

a) Talvez seja dos jornalistas portugueses que melhor conheceu José Sócrates no seu início das suas lides governamentais. E posso assegurar que qualquer semelhança entre José Sócrates versão 1995 e José Sócrates versão 2007 é pura coincidência. Donde, provavelmente José Sócrates versão 2007 estará agora a lamentar-se das atitudes do José Sócrates versão 1995.

b) Sobre as pressões exercidas pelo gabinete do primeiro-ministro, pelo que leio parecem-me coisas de pormenor. Pressões de assessorias de imprensa conheço-as bem. Por exemplo, há anos, uma «exigiu-me» que lhe divulgasse uma fonte, caso contrário o ministro (quem seria?) não falaria mais comigo. A minha resposta, claro, imagina-se qual terá sido. Resultado: durante cerca de dois anos, o tal ministro (quem seria?) não me prestou quaisquer declarações sempre que as tentava obter...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial