ESTRAGO DA NAÇÃO

12/31/2005

À Margem Ambiental XCII

Caso tenha oportunidade, nos próximos dias farei o balanço ambiental de 2005. Não será famoso, infelizmente. Grande expectativos foram criadas com o novo Governo, mas até agora aquilo que se tem visto é pouco e o pouco não é nada bom. A crise, dizem, é a culpada; mas de que crise estamos nós a falar? Na crise de mentalidade?

Em todo o caso, um Bom Ano Novo, pois a esperança, diz a tradição, é a última a morrer.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial