ESTRAGO DA NAÇÃO

1/13/2006

Farpas Verdes CDXLVI

Este Governo e este Ministério do Ambiente arriscam-se a ficar na História como os carrascos finais do ambiente em Portugal. Hoje foi reconhecido o interesse público de dois empreendimentos turísticos no litoral alentejano em pleno Rede Natura.

Aquilo que jamais alguém teve a coragem de aceitar, vem este Governo - constituído por um ex-ministro do Ambiente (José Sócrates), por um ex-secretário de Estado do Ordenamento (Pedro Silva Pereira), por um professor catedrático do Instituto Superior Técnico da área do ambiente (Nunes Correia), por um professor da Faculdade de Ciências de Lisboa e antigo presidente da Associação Portuguesa de Biólogos (Humberto Rosa), por um investigador do Instituto de Ciências Sociais especializado em ordenamento (João Ferrão) e por um antigo presidente da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos e consultor da área ambiental (Mário Lino) - dar a sua aprovação. É vergonhoso, sinto-me defraudado...

E pior ainda: não apenas «vendem» o direito de devassa àquele território a troco de uns míseros cobres de um Fundo de Conservação para a gestão do Sítio da Comporta-Galé (rico precedente que se cria... quem for rico, faz o que quer desde que dê «esmolas» ao Governo) como José Sócrates e Nunes Correia ainda têm o desplante de irem assistir à cerimónia de apresentação dos empreendimentos na próxima segunda-feira, em Melides.

Quem nos salva deste país?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial