ESTRAGO DA NAÇÃO

1/24/2006

Floresta IV

Continuo as minhas escritas florestais para o livro; deixo entretanto aqui umas informações para reflexão... e para não se esquecerem que este blog está activo.

Considerando que a taxa de deflorestação da Amazónia ronda cerca de 1,2% por ano, apenas vos antecipo que, de entre os distritos portugueses, apenas Bragança, Lisboa, Portalegre, Beja, Setúbal e Évora registaram, para o período de 1980-2005, uma percentagem inferior de território queimado*. Mas o último sexénio foi dramático. Por exemplo, o distrito da Guarda ardeu a um ritmo de 10,5% por ano. Ou seja, 63% em apenas seis anos!

* Nota: Saliento que é em relação ao território total de cada distrito. Se fosse considerar a área florestal, a percentagem seria muito maior (talvez o dobro, em algumas regiões).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial