ESTRAGO DA NAÇÃO

1/16/2006

À Margem Ambiental XCVII

Na votação final dos livros do ano de 2005, dinamizado pelo Programa Livro Aberto, com a colaboração do suplemento cultural Mil Folhas do jornal Público, o meu (agora vosso) O Profeta do Castigo Divino ficou num honroso sexto lugar, com 134 votos, atrás das obras de Fernando Campos, Agustina Bessa-Luís, José Saramago, Rodrigo Guedes de Carvalho e Francisco José Viegas. Para mim é uma honra - que jamais imaginaria há uns anos - estar numa lista onde pontificam alguns dos «nomes grandes» da nossa literatura. Permitam-me este meu pequeno e saboroso orgulho...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial