ESTRAGO DA NAÇÃO

6/01/2007

Feira do livro

Amanhã, dia 2, estarei a partir das 17 horas na «barraquinha» da Dom Quixote da Feira do Livro de Lisboa para conversar com quem o desejar e, para quem quiser, meter umas dedicatórias em algum dos meus livros. Enfim, na verdade, lá estarei sobretudo para tentar que se vendam mais uns quantos, que é também para isso (ou sobretudo por isso) que escrevo...

Quem não gostar de mim ou dos meus livros, que não seja por isso que evite passar pelo stand da Dom Quixote, pois estará bem apetrechada. Presentes estarão, a saber: António Lobo Antunes, José Eduardo Agualusa, João de Melo e Pepetela.

Etiquetas: ,

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Quando é que as editoras irão começar a utilizar "papel amigo do ambiente " i.e. reciclado ou pelo menos certificado ? Em jeito de provocação, se calhar os livros do P.V. Almeida contribuem para a desflorestação da Amazónia, da Finlândia ou do Congo.

Cumprimentos,
João Vaz

02/06/07, 13:57  
Blogger Pedro Almeida Vieira disse...

Caro João Vaz,
Não vejo isso como provocação. De facto, nos últimos anos a evolução ao nível da produção de papel reciclado já permite suficiente qualidade para impressão de livros. E por outro lado, o papel amigo do ambiente,em alguns casos engloba o papel produzido por celuloses a partir de fibras virgens,mas a empresa compromete-se a usar madeira certificada ou a promover projectos ambientais. Em Portugal já existe possibilidades das editoras usarem este papel, mas infelizmente só é rentável/possível em grandes tiragens. Foi pelo menos isso que me explicaram, quando sugeri à minha editora que publicasse o meu último livro em papel desse género...

03/06/07, 03:25  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial