ESTRAGO DA NAÇÃO

6/12/2007

O futuro está na altanaria

No meio do disparate nacional que se chegou em relação ao futuro aeroporto de Lisboa, surge agora a hipótese concreta do Campo de Tiro de Alcochete. Eu já nem discuto o disparate de colocar o aeroporto numa zona militar que, nos últimos anos,se transformou num modelo de boa gestão ambiental (que já ganhou até prémios). Nem quero ir à questão do ordenamento do território, que alongaria os abortos urbanísticos do Seixal-Barreiro até Porto Alto. Nem à questão da proximidade (ali mesmo ao lado) de uma reserva natural. Discuto sim o perigo real de colocar um aeroporto parede-meias com uma zona que alberga, em alguns anos, cerca de 100 mil aves migratórias. E nem é pelas aves, é pelos aviões.

Se esta espatafúrdia ideia avançar, decididamente dedico-me à criação, em aviário e em dose massiva, de falcões para afugentar as aves. Ou então abro uma agência funerária... e nunca comprarei acções de seguradoras nem de aviação.

Etiquetas: , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial