ESTRAGO DA NAÇÃO

6/04/2007

Um apelo tardio

Ontem, o Presidente da República, Cavaco Silva, apelou à comunicação social para dar uma imagem mais positiva da agricultura portuguesa, de modo a que «os portugueses não absorvam a ideia de que o sector está atrasado, não se moderniza, está em crise».

O Presidente tem razão, de facto - muitos sectores agrícolas do país têm um enorme potencial. Mas torna-se evidente que está em crise, não tanto por causa das produtividades (que em muitos casos têm melhorado, exactamente por via da modernização), mas porque perdeu capacidade competitiva, fruto do abandono agrícola e por, durante muitos anos, os Governos considerarem que apostar na agricultura era um sinal de atraso do país...

Os Governos de Cavaco Silva (1985-1995), por exemplo, assim procederam. E pior, com a falta de fiscalização, permitiram tudo neste sector, menos que se desenvolvesse e se preparasse para o embate da actual Política Agrícola Comum.

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial