ESTRAGO DA NAÇÃO

6/16/2007

Humor perigoso no Largo do Caldas

Começam a descobrir-se coisas interessantes em redor dos financiamentos partidários. A Polícia Judiciária começou, felizmente, a olhar para as análises do Tribunal Constitucional sobre as contas dos partidos e, por causa do caso Portucale, começam-se a desvendar os meandros dos ditos donativos particulares (única forma de financiamento partidário, para além das subvenções públicas).

Sobre esta matéria, a imprensa de hoje revela que nas contas do CDS-PP que enriqueceu no período em que esteve no Governo (coincidência, por certo...), existe uma vasta lista de beneméritos que não se conseguem identificar porque não existe um registo válidos nem sequer número de contribuinte. E ao que parece são tantos os doadores que até consta lá o improvável Jacinto Leite Capelo Rego (leia-se devagarinho, sff, com acento agudo no a). No meio disto, somente me admira que o sr. Óscar Alho não tenha sido confirmado como um dos beneméritos do CDS-PP. Se calhar é de outro partido.

Etiquetas: ,

1 Comentários:

Blogger Luís Bonifácio disse...

O Sr. Passos Dias Aguiar Mota também financiou o PP.

17/06/07, 02:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial