ESTRAGO DA NAÇÃO

3/23/2007

Moinhos de vento

Existe qualquer coisa de estranho nas declarações do presidente da ERSE quando diz que «o aumento de produção de
energias renováveis 'vai ter impactos negativos nas tarifas eléctricas', encarecendo-as a curto prazo» (vd. aqui). Por várias razões. A primeira é que, sabendo que actualmente a produção de energia eólica apenas representa cerca de 6% da electricidade consumida, não parece existir razões para que implique uma alteração tarifária significativa, mesmo que tenha custos de produção superiores. A razão para esse aumento deverá, na minha opinião, ser atribuído, em parte, às condições muito vantajosas para as empresas que produzem este tipo de energia (a electricidade é garantidamente comprada, em condições de preferência, e a preço mais elevado). Mas se é legítimo - e assumo que necessário - não se pode atribuir as culpas à forma de energia, mas sim às condições empresariais aprovadas pelo Governo (e que pode e deve ser questionada, sobretudo se se vai pagar mais pela electricidade).

A segunda razão advém da primeira. As condições mais favoráveis, do ponto de vista do empresário das eólicas, radica num pressuposto ambiental. Ou seja, as eólicas não produzem dióxido de carbono, ao contrário das térmicas. Neste momento, como os mecanismo do protocolo de Quioto não estão ainda em vigor, esta vantagem das energias renováveis não se faz sentir em termos financeiros. Mas vão-se fazer. Significa que, na verdade, o suposto encarecimento das tarifas eléctricas não são, ao contrário do que diz o presidente da ERSE, devidas à energia renovável, mas sim devido à artificialidade do actual sistema electroprodutor, que externaliza as questões ambientais.


Em suma, parece-me constituir um mau princípio, atribuir um aumento da electricidade por causa das energias renováveis. Porque, de contrário, a história está mal contada - e as energias renováveis tornam-se, por causa disso, sinónimo de energia mais cara, o que é um contra-senso num combustível que é de borla...

2 Comentários:

Anonymous Osvaldo Lucas disse...

Combustível de borla?

E os custos de amortização e manutenção?

07/04/07, 20:03  
Blogger leftbrain disse...

Tudo tem custos de amortização e manutenção. Ou não? Que raça de argumento...

14/05/07, 14:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial