ESTRAGO DA NAÇÃO

3/10/2007

Simulações de fim-de-semana

Hoje, o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil está a realizar, em todos os distritos do país, o primeiro exercício para testar a prontidão dos bombeiros (vd. aqui). É bonito fazer simulações, mas ainda não compreendi as razões para que sejam quase sempre feitas ao fim-de-semana, quando os bombeiros estão todos disponíveis e o tráfego automóvel está mais desanuviado e, enfim, as pessoas não estão no seu local de trabalho. Ou seja, tudo pode correr muito bem, mas fica-se a saber apenas que está tudo bem ao fim-de-semana. Para o resto dos dias que representam 5/7 do total, é melhor rezarmos. Pode ser que as catástrofes a ocorrer sejam sempre ao sábado ou domingo...

3 Comentários:

Blogger Ponto Verde disse...

Saudações verdes, sobre o nemátodo, não seria bom , acompanhar estas medidas com outras de florestação com outras espécies nessa tal faixa, bem como legislar contrariando a construção naquela também apatecivel para o efeito, faixa de 3 km?

10/03/07, 16:42  
Anonymous Anónimo disse...

O que se passou hoje foi de uma incuria total vitimas reais a espera de serem socorridas pq não havia meios, estvam a brincar aos incendios .
Sem comentarioa

11/03/07, 00:25  
Blogger Reinaldo Baptista disse...

Penso que existe necessidade de se fazer simulacros e treinos, sem por em causa o socorro diário.
Mas sinceramente, a maioria dos simulacros efectuados simplesmente foi avaliado o sistema de comando operacional, foram poucos os simulacros onde se deu alguma importância a nível técnico as equipas que estavam no terreno.
Uma coisa é certa, a maioria dos Bombeiros estavam alertados para os simulacros, tinham bombeiros em número suficientes para as viaturas que seriam pedidas.
Um dia normal tenho duvidas se os COS tinham a sorte de ter meios no terreno, porque a maioria dos Bombeiros dificilmente tinham disponibilidade de homens para por um veículo de combate com tripulação completa na rua.
Gostamos de nos enganar a nos próprios

15/03/07, 09:44  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial