ESTRAGO DA NAÇÃO

3/29/2007

Eles tratam-nos da saúde

A fornalha do hospital Júlio de Matos, que anda há anos impunemente a queimar lixos e a mandar dioxinas e furanos para o ar em pleno centro de Lisboa foi mandada encerrar pelo Inspecção-Geral do Ambiente. «Só» estava a emitir 30 vezes mais do que o permitido. O Ministério do Ambiente (como entidade) não merece elogios, neste caso: foi a responsável por permitir a manutenção de uma incineradora deste género no meio de uma cidade. E, além disso, convém não esquecer que os SUCH é uma empresa estatal...

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

...mas a incineradora não está licenciada pois não? quem licencia, uma entidade do mesmo ministerio que paga o salário aos funcionários do SUCH???? e quem licencia já fez alguma monitorização, ou monitorização do estado da saúde da população e dos trabalhores?
trata-se de uma situação que nao se percebe...tudo indica que não funciona bem, mas ninguem pega nisto a fundo....

05/04/07, 08:38  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial