ESTRAGO DA NAÇÃO

6/03/2005

Farpas Verdes CCXXXIV

Depois do protesto da Quercus e da Greenpeace em finais de Março, a Vicaima decidiu rever a sua política de compra de madeira tropical, prometendo que irá adquirir matéria-prima certificada pelo Forest Stewardship Council, tendo-se ainda associado ao Tropical Forest Trust.

A seguir a um acto imponderado - a reacção intempestiva de um administrador ao protesto dos ambientalistas -, eis aqui um acto ponderado. Se foi ditado pelas regras comerciais ou por um acto de contrição de cariz ecológico, pouco importa. Essencial sim é ver que acções deste género dão os seus frutos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial