ESTRAGO DA NAÇÃO

1/15/2009

Os conselhos da Igreja

O cardeal-patriarca tem razão em advertir as portuguesas para o «monte de sarilhos» em que se podem meter se se casarem com muçulmanos, pelos motivos que expôs. Mas, em abono da verdade, devia também aconselhar as portuguesas a pensar «duas vezes» antes de casarem com portugueses de certas zonas com forte influência da Igreja Católica onde as mulheres são espancadas pelos maridos e depois os padres as aconselhavam a não se divorciarem (ou a recordar-me da entrevista que fiz em 2007 ao então reitor do santuário de Fátima), ou a sugerir que nenhuma mulher case, digamos assim, com um cristão do século XVIII ou anteriores.

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger A MÁFIA PORTUGUESA DEITA-SE À MESA disse...

o mais triste é que tem de ser um padre, nesta fase da "civilização" ainda a aconselhar as mulheres...que triste espectáculo.

16/01/09, 12:31  
Blogger José, The Fenec. disse...

Ya, avisar as portuguesas desses perigosos cristãos... É que casar com um muçulmano é o mesmo que casar com um cristão, deve-se estar mesmo a ver...

Ah, e as religiões são todas iguais... :)

29/01/09, 11:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial