ESTRAGO DA NAÇÃO

7/12/2004

À Margem Ambiental LXIII

Enquanto desinfectava uma ferida na mão de um velho lavrador (ferido por um caco de vidro indevidamente deitado na terra), o médico e o doente começaram a conversar sobre o Santana Lopes. E o velhinho disse:

- Bom, o senhor sabe...o Santana é uma tartaruga num poste...

Sem saber o que o camponês quer dizer, o médico perguntou o que era uma tartaruga num poste. A resposta foi:

- É quando o senhor vai por uma estradinha e vê um poste da vedação de arame farpado com uma tartaruga equilibrando-se em cima dele. Isto é uma tartaruga num poste...

O velho camponês olhou para a cara de espanto do médico e continuou com a explicação:

- Não entende como ela lá chegou;

- Não quer acreditar que ela lá esteja;

- Sabe que ela não subiu para lá sozinha;

- Sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;

- Sabe que ela não vai conseguir fazer absolutamente nada enquanto lá estiver;

- Então tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá!


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial