ESTRAGO DA NAÇÃO

7/22/2006

Assim estamos esclarecidos...

A Direcção de Informação da RTP revelou que este ano há orientações expressas aos jornalistas para não darem imagens redundantes sobre os incêndios, não interpelarem populares que nada têm a ver com o assunto nem tão-pouco colocar questões sobre a eventual causa dos incêncios, além de «obrigar» a que seja feito um acompanhamento da situação dos fogos activos de edição em edição.

Este esclarecimento é bem-vindo e concordo a 100% - no meu livro critico a forma como a comunicação social tem vindo a acompanhar, em anos anteriores, a situação dos fogos. Porém, este é um caminho «perigoso». Se a auto-regulação é adequada, convém saber se não se transformará em censura quando surgirem incêndios de grandes proporções.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial