ESTRAGO DA NAÇÃO

7/20/2006

Dois exemplos de péssimo jornalismo

1 - Não houve uma alminha de caneta na mão ou de microfone em riste que tivesse a coragem de pedir ao ministro António Costa que esclarecesse o que significa «problemas de coordenação da acção no terreno» como uma das causas para a morte dos seis bombeiros na Guarda. E já agora perguntar-lhe se não acha que os «dois fenómenos relacionados com o comportamento do fogo», que também contribuíram para essa tragédia, são situações usuais em fogos florestais...

2 - Enquanto isso, a Lusa achou que merecia notícia «um incêndios que deflagrou às 15:59 na cidade de Lisboa, numa zona de mato junto à estrada da Torre, Lumiar», em Lisboa, e que foi extinto 14 minutos depois». Será que a agência Lusa - a mesma que não pediu esclarecimentos ao ministro António Costa sobre as responsabilidades na morte dos bombeiros da Guarda -, vai passar agora a noticiar todos os fogos de meia dúzia de metros quadrados que existem no país?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial