ESTRAGO DA NAÇÃO

10/08/2005

Farpas Verdes CDVIII

Lembram-se em Junho passado o Governo anunciar o contrato para aluguer de meios aéreos para o combate aos incêndios florestais? Lembram-se do ridículo de esse contrato ir até à precisão do cêntimo (mais precisamente 9.439.451 euros e 28 cêntimos)? Lembram-se de eu chamar a atenção que tanto meio aéreo assim oferecido com tão poucas horas contratadas havia de custar-nos bem caro (vd. Farpas Verdes CCXLI de 15 de Junho)? Lembram-se que em Julho já o ministro António Costa falava que as horas contratadas já se estavam a esgotar?

Pois bem, eis a factura a pagar, de acordo com o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil: pelo menos, 21,3 milhões de euros. Ou seja, gastou-se mais 2,4 milhões de contos (em moeda antiga) do que aquilo que se previa, mandando-se às malvas o rigor dos cêntimos. E o benefício deste acréscimo deixa muito a desejar...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial