ESTRAGO DA NAÇÃO

1/15/2007

O pântano jornalístico

A RTP e o jornal Público mantiveram uma colaboração de longa data para a realização de sondagens, realizadas pela Universidade Católica. Em Agosto, Eduardo Cintra Torres - como colaborador do Público - escreveu dois artigos sobre uma alegada ingerência do Governo na cobertura aos incêndios florestais pela televisão pública. Nessa altura, Eduardo Cintra Torres «exigia» mesmo a demissão da direcção da RTP.

Como se sabe, estas acusações fizeram correr muita tinta: um polémico relatório da Entidade Reguladora para a Comunicação Social e uma queixa-crime da direcção contra Eduardo Cintra Torres. O relatório da ERC já foi escalpelizado, esperava-se pelo julgamento para encerrar o caso.

Mas, a direcção da RTP não ficou satisfeita. Como o director do Público, José Manuel Fernandes, «segurou» Eduardo Cintra Torres - um acto de nobreza jornalística -, a direcção da televisão pública, qual prima-dona, veio agora - cinco-5-cinco meses depois das acusações de Eduardo Cintra Torres - suspender a colaboração de longa data. Eis mais um exemplo bem triste do estado deplorável a que chegou o jornalismo português - ainda mais grave por ser feito pelo serviço público de televisão.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial