ESTRAGO DA NAÇÃO

4/01/2005

Farpas Verdes CC

Não fiquei nada surpreendido com os dados estatísticos que revelaram que Portugal, no ano passado, mesmo com o Euro 2004 e a proliferação das viagens «low cost», tenha decrescido em 0,4% as receitas do turismo. Esta é uma questão estrutural que radica no desordenamento e na evidente perda das qualidades paisagísticas do país. E tem tendência a agravar; não a inverter.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial