ESTRAGO DA NAÇÃO

4/21/2004

Farpas Verdes LVII

Estive em reportagem durante os últimos dois dias na região Centro do país. As áreas afectadas pelos incêndios estão em estado desolador. Mais de metade das árvores calcinadas estão ainda em pé, decompondo-se e fazendo com que se desaproveite aquela madeira para minimizar os prejuízos. Dizem-me que os apoios do Estado tão prometidos no Verão passado estão atrasados e necessitam de um kafkiano processo burocrático para serem atendidos. Aquelas regiões não estão mortas, estão em agonia - o que é um espectáculo ainda mais deplorável.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial