ESTRAGO DA NAÇÃO

5/03/2007

Sá Fernandes, recordam-se?

Agora que se vai consumar o inevitável - a queda de Carmona Rodrigues e eleições intercalares em Lisboa -, seria bom que os alfacinhas se recordassem quem foi a pessoa que, desde o início, alertou e denunciou as negociatas com a Bragaparques. E os eleitores lisboetas devem ter isso em boa conta nas urnas.

Declaração de interesses: Como tornei público a seu tempo (e o meu nome apareceu publicamente), apoiei José Sá Fernandes na campanha de há dois anos para a autarquia de Lisboa. Foi a primeira vez que tomei partido por alguém em questões políticas. Felizmente, ele não me defraudou.

7 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

o Sa Fernandesdevia pagar o ano que as ditas obrasdo tunel parou. Prejudicou o PAIS, as pessoas de Lisboa,asque paralisboavinham trabalhar paraisso ou tava preso ou a pagar como sucedeu ao Professor FREITAS DO AN`MARAL QUANDOPERDEU ASELEICOES P A PRESIDENCIA. Ele que va a corrieadoNorte ou paraCUBA.

03/05/07, 10:45  
Anonymous Anónimo disse...

Nao publicas? ta bem ja compreendi-ti

03/05/07, 10:46  
Blogger felixcomosempre disse...

Não sendo votante do bloco de esquerda, mas sim do PCP, concluo que não seria de descartar uma aliança dos dois partidos nas próximas eleições, ou porque não a revisitação da antiga coligação encabeçada por João Soares.

Definitivamente Sá Fernandes tem sido corajoso e um verdadeiro político.

Quanto a comentários anónimos de mau português, cegos pelo anti-comunismo e sem o mínimo conhecimento das implicações das megalomanias obstinadas dos aspirantes a grandes estadistas (como Santana Lopes), tenho a dizer apenas uma coisa:

Apareçam e protestem, trabalhem pelo vosso país, em vez de desejarem exilar os que o fazem por princípios e valores de cidadania.

Miguel Félix

03/05/07, 14:37  
Anonymous Rita disse...

O anónimo escreveu tão depressa que se vê que estava à rasca para ir ao WC e fez logo aqui o que ia fazer lá. Não entendo é porque não se explicou calmamente. Venha de novo e debata-se o assunto.

Rita Pereira

03/05/07, 23:00  
Blogger José M. Sousa disse...

O culpado pelos atrasos nas obras do túnel não é o Sá Fernandes. É dos que conceberam mal o projecto. Afinal, não foi o Sá Fernandes que mandou suspender as obras, mas um tribunal. O Sá Fernandes fez aquilo que era seu dever: alertar para eventuais problemas. E plelos vistos tinha razão.

Quem prejudica o país são aqueles que fazem obras de duvidoso interesse, que não cuidam de as atribuir a projectistas e construtores competentes, etc.

O que alguns queriam era fazer as suas negociatas à custa do erário público sem que ninguém desse por isso!

05/05/07, 23:01  
Anonymous azevedo disse...

É curioso como o autor do blog não se sente defraudado com Sá Fernandes... Mas vale a pena saber quem não se opôs na CML ao negócio Bragaparques/Feira Popular/parque mayer! E Sá Fernandes não se opôs!!

Fui à procura e verifiquei que só a CDU votou contra. É curioso como certa imprensa dita de esquerda e democrática escamoteia os factos e o próprio autor do blog aparece a apelar ao voto em tão "inocente" criatura. Foi sempre assim, esta gente que aparentemente está na linha da frente, nos momentos decisivos faz sempre o servicinho aos grandes e poderosos, quanto mais não seja pela inutilidade da acção e do voto

14/05/07, 11:08  
Blogger Pedro Almeida Vieira disse...

Caro Azevedo,

Na altura em que se votou os negócios Bragaparques (Parque Meyer e Feira Popular)na autarquia de Lisboa, Sá Fernandes não poderia votar contra nem a favor, pelo simples facto de então não ser ainda vereador. As votações foram antes das eleições de há dois anos. Aconselho-o a ir consultar os jornais e ver que, fora da autarquia, denunciou esta situação e apresentou mesmo queixa na Justiça sobre esses negócios.

Sem ressentimentos.

Abraços

14/05/07, 15:10  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial