ESTRAGO DA NAÇÃO

5/24/2005

Farpas Verdes CCXXVIII

Estava agora a pensar com os meus botões que, provavelmente, já seria tempo do Ministério do Ambiente anunciar algo de novo que possa vir a marcar as linhas de rumo da política de ambiente. Até agora, a menos que esteja muito distraído, somente vislumbrei «gestão da crise»...

E, além disso, de entre os desafios que em 11 de Março passado aqui coloquei, somente a alínea c) foi concretizada (via Ministério da Agricultura, diga-se...). E estes nem eram questões estruturantes, mas sim conjunturais, mas que seruviriam de exemplo.


Para recordar eram estes os meus desafios:

a) a revisão da decisão de construção da barragem do Sabor

b) a alteração do traçado da CRIL, de modo a preservar o Aqueduto das Francesas

c) a suspensão do despacho conjunto para o abate de 2600 sobreiros na herdade da Vargem Fresca, em Benavente

d) a aprovação do POOC do Sotavento algarvio, com a confirmação da demolição dos clandestinos

e) o avanço das acções de embargo e demolição das casas ilegais do Parque Natural da Arrábida e, neste âmbito, acatar a decisão judicial de demolir a casa do futuro secretário de Estado José Magalhães.

f) aprovação da Lei da Água

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial