ESTRAGO DA NAÇÃO

10/31/2006

Facto inédito

Três dos principais diários portugueses - Público, Diário de Notícias e Jornal de Notícias - com manchetes sobre o Relatório Stern relativo ao aquecimento global em que aponta Portugal como um dos países mais afectados da Europa. É talvez inédito na imprensa portuguesa e, por isso, merece nota de relevo.
Contudo, não deixa de ser curioso que grande parte dos efeitos apontados pelo Relatório Stern já são há muito conhecidos em Portugal, designadamente ao nível dos estudos do SIAM (coordenado pelo Prof. Filipe Duarte Santos), não tendo tido uma cobertura mediática sequer comparável. A única «novidade» deste relatório é ter sido coordenado por um economista que trabalhou no Banco Mundial - e portanto insuspeito de ser ambientalista - e de comparar os efeitos económicos relacionados com as alterações climáticas à depressão económica decorrente de uma guerra mundial. Não é pouco, claro. Mas mostra um pouco que o alarme (desde que não seja alarmista no sentido depreciativo do termo) e as notícias que vêm de fora têm sempre mais impacte do que o que é feito (e sabido) cá em Portugal.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial