ESTRAGO DA NAÇÃO

10/03/2006

Pelas lusitanas gazetas

1. O Público voltou a disponibilizar as edições impressas na Internet. É uma boa medida: os parcos ganhos pelas vendas das edições online não compensavam, por certo, a perda de influência mediática (mormente na blogosferat) que o jornal estava registando nos últimos dois anos.

2. Eu sei que a culpa é do meu computador, mas a forma como o Sol disponibiliza o jornal é exasperante. Nunca consigo chegar à terceira ou quarta página sem que o computador fique lento e depois quase bloqueie.

3. Tenho dito a amigos que o Expresso, com a «coisa» de oferecer DVDs, anda a fazer um grande favor ao Sol, em termos de vendas. Por duas razões. Por um lado, como se vende a 2,80 euros e oferece um DVD, significa que as pessoas optam por comprar também o Sol, dado que gastando 4,80 euros o DVD acaba por ficar ainda em conta. Por outro lado, como a corrida ao Expresso, á conta do DVD, o faz como esgotar rapidamente, as pessoas (e sobretudo os habitueés do Expresso) acabam por comprar apenas o Sol.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial