ESTRAGO DA NAÇÃO

3/24/2004

Farpas Verdes LII

Tenho vindo a acompanhar, à distância, as discussões políticas e autárquicas em redor da criação das Áreas Metropolitanas e das Comunidades Urbanas. O país político continua alegre e alarvemente a gastar tempo, meios e dinheiro não para solucionar problemas, mas para criar outros, desde que consigam umas quantas mordomias e cargos.

Num país que do ponto de vista de desenvolvimento social e económico se arrisca a arrastar-se pela lama, pelo menos os ditos políticos vão-nos dando motivos para rir. No Alentejo, a grande discussão do momento prende-se em se saber se deve ser criada uma ou três Áreas Metropolitanas. Os homens não se enxergam. Então numa região que abarca quase um terço do território nacional, onde a sua maior cidade não chega aos 40 mil habitantes e querem criar Áreas Metropolitanas. Os tipos têm é de ir para a escola aprender o conceito de Área Metropolitana. Pelo menos, os custos dessa aprendizagem serão mais baixos do que os custos da concretização desse disparate.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial