ESTRAGO DA NAÇÃO

3/25/2004

À Margem Ambiental XLI



Ricardo Garcia, meu companheiro de profissão nestas lides ambientais (e meu amigo), vai lançar amanhã, dia 26 de Março (ou hoje, para quem está a ler isto na sexta-feira), na FNAC do Colombo, pelas 19 horas, o seu livro intitulado «Sobre a Terra", quem tem como subtítulo «Um guia para quem lê e escreve sobre ambiente».

Tem razão Ricardo Garcia. Sem qualquer pretensionismo, o seu livro deve ser lido por quem gosta e estuda as questões ambientais e deve ser consultado mesmo por quem pensa que tudo sabe. O formato do livro é bastante apelativo, explicativo e de muito fácil leitura. Num estilo muito fluído, e com esquemas bastante claros, arriscaria a considerá-lo uma obra pedagógica obrigatória para quem, por exemplo, frequenta um curso universitário na área do ambiente ou das ciências ambientais ou para quem deseja seguir essa vertente. Mas mesmo para quem já está na profissão - ou para quem se interessa por estes temas -, possuir este livro, para leitura e/ou consulta, é essencial.

Ao longo das 430 páginas, Ricardo Garcia, para além de dedicar espaço a transmitir conselhos utéis para se fazer um bom jornalismo ambiental (e que se pode adaptar a outros sectores), aborda de forma simples, mas perfeita, quinze temas ambientais que são notícia, a saber: água, aletrações climáticas, biodiversidade, direito do ambiente, energia, florestas, litoral, marés negras, ordenamento do território, poluição do ar, população, resíduos, ruído, substâncias perigosas e transgénicos. Tem, além disso, uma extensa bibliografia (e ao longo dos textos, acrescentam-se algumas referências a organizações, com os respectivos sites e legislação mais relevante) e um índice remissivo.

Não vou comprar o livro, porque o Ricardo teve a amabilidade de me oferecer um exemplar. Mas se assim não fosse, iria comprá-lo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial