ESTRAGO DA NAÇÃO

9/27/2006

A habituação da catástrofe

«Melhorias no combate poderão ajudar a explicar o facto de se ter estado, este ano, longe da dimensão dos grandes incêndios dos últimos três anos, que chegaram a antigir os 30 mil hectares. Este ano, o maior registado - a 8 de Agosto, em Arcos de Valdevez - ficou-se nos 5.690» - esta estas frases da notícia do JN de ontem revelam bem como já nos habituámos à catástrofe.

O «ficou-se nos 5.690» hectares transmite, subrepticiamente, que esta área é perfeitamente aceitável e que, por isso, estamos no bom caminho. Contudo, para que se saiba, 5.690 hectares é uma área superior à cidade do Porto (que tem 4.166 hectares) e um fogo desta dimensão a ocorrer nos anos 90 teria sido o sexto mais destrutivo da década.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial