ESTRAGO DA NAÇÃO

2/10/2004

Farpas Verdes XXIV

Se isto continuar, Lisboa, a Cidade das Sete Colinas ameaça transformar-se na Cidade dos Sete Palitos. Se deixarem fazer tudo o que surge na cabeça de Santana Lopes, a nossa capital arrisca-se a acumular arranha-céus, temperados por arquitectos famosos e travestidos de novidades culturais, sem ordem e sem outro motivo que não seja a especulação imobiliária. Depois das torres de Siza Vieira, em Alcântara, surge agora a torre de Santos, com 100 metros de altura numa área de 0,65 hectares. O mais surpreendente é que estes projectos começam a surgir com uma naturalidade e frequência que fazem temer o pior. E recordar que tanta polémica houve com o POZOR, com o elevador do castelo de São Jorge e com as torres de Cacilhas... Será que é isto mesmo que Lisboa quer?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial