ESTRAGO DA NAÇÃO

2/04/2004

À Margem Ambiental VIII

Pede-me um leitor que divulgue a petição que está em curso para a criação do Parque Oriental do Porto, na zona da Campanhã, que há anos está adiada. Adiada porque, obviamente, existem interesses urbanísticos que falam mais alto. Adiada porque temos políticos que estão de pernas abertas para os interesses imobiliários e outros que recuam à mínima pressão, como já aqui dei o exemplo (vd. Farpas Verdes XV e Farpas Verdes XVII).

Durante anos recusei-me a assinar petições por razões deontológicas: considerava que um jornalista deve estar (e parecer) equidistante dos conflitos que relata. Mas as coisas andam tão esquisitas e são tão graves que o dever de cidadão de intervir contra atentados à qualidade de vida se tem de sobrepor a princípios deontológicos. Não basta denunciar...

Assinei a petição e convido-vos a também assinar aqui.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial