ESTRAGO DA NAÇÃO

2/09/2004

À Margem Ambiental XI

Para que não me acusem de apenas encontrar aspectos negativos, eis-me aqui a salientar duas boas notícias.

A primeira é a abertura da 10ª loja portuguesa de comércio justo no sábado passado, onde se comercializam, a preço justo - como a denominação indica -, inúmeros produtos dos países ditos subdesenvolvidos.

A segunda notícia é o anúncio de que o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR vai começar a fiscalizar as albufeiras do país. Este serviço da GNR é de fazer inveja à Inspecção-Geral do Ambiente. Apesar da reduzida estrutura têm uma capacidade extraordinária de actuação e, como já confirmei, um verdadeiro amor à causa ambiental. E os resultados têm sido palpáveis: ao longo do ano passado detectaram 171 crimes ambientais e 9186 infracções. Deveria ser uma estrutura ainda mais acarinhada. Já agora, na Internet podem consultar a intensa actividade do SEPNA. E já agora se quiserem denunciar algo podem fazer isso aqui, mesmo sob anonimato.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial